Hora do Cuidado

Comunicação entre a mamãe e o bebê: a importância do carinho.

O toque é um dos sentidos mais importantes que se desenvolve desde o estágio embrionário. Abraços e carícias, portanto, são o primeiro meio de comunicação emocional entre mãe e bebê, e serve para fortalecer seu vínculo especial.

aria-che-respiriamo

Nos primeiros meses de vida, através da exploração tátil de seu próprio corpo e, acima de tudo, através das carícias e do contato diário com a mamãe, os bebês começam a tomar consciência de seu próprio eu físico.

Mas, além do papel que desempenha na percepção física, o toque também é extremamente importante nas relações emocionais.

A importância do toque no vínculo entre mãe e filho

A capacidade de um bebê recém-nascido perceber os estímulos sensoriais e absorver o significado emocional destes é verdadeiramente excepcional, e graças ao contato em pele com a mãe, é criada uma ligação única entre mãe e filho.

Os recém-nascidos adoram ser acariciados e abraçados

Não há necessidade de se preocupar em dar ao seu pequeno demais abraços. Afagar seu recém nascido não é um mau hábito - pelo contrário, os abraços proporcionam um sentimento de tranquilidade que os bebês absolutamente precisam.

Comunicação com o bebê através da massagem

A massagem do bebê é uma experiência útil e estimulante, bem como emocional, e permite que as mães se comuniquem com seus pequeninos e as ajudem a experimentar o mundo exterior.

Em muitas culturas, esta é uma tradição antiga e é vista como a linguagem não-verbal mais acessível para o recém-nascido, bem como uma forma de encorajar a identificação precoce de necessidades físicas e emocionais e estabelecer um vínculo especial e inquebrável entre mãe e criança.

Também lhe pode interessar

Sobre o mesmo tema

Publicação

Publicação

Publicação