Esse vermelhidão incomodativo

A pele do bebê tem características diferentes da pele de um adulto e exige cuidados específicos. A zona coberta pela fralda está mais sujeita a irritações e vermelhidões.

file

Durante os primeiros meses de vida, a pele de um bebê é ainda muito fina, com uma espessura que é aproximadamente metade da dos adultos, e tem tendência para ser seca; deste modo, é especialmente sensível a agentes externos.. Por isso está sujeita a casos frequentes de vermelhidão e irritação e, por vezes, dermatite (principalmente na zona da fralda), sobretudo em crianças com idades entre os três meses e um ano.

As causas consistem principalmente no contato da pele com compostos orgânicos, associado à maceração da pele, bem como à ação oclusiva e à fricção mecânica exercidas pela fralda quando o bebê se movimenta.

Durante o período de desmame, estes fenómenos podem ser agravados devido à passagem de uma dieta exclusivamente à base de leite para a introdução de novos alimentos.

Para reduzir a ocorrência destes fenómenos, é aconselhável mudar frequentemente a fralda e não colocar mais nenhuma durante o máximo de tempo possível, limpar bem a pele e secar delicadeza sem esfregar. Por último, depois de limpar e secar a pele, aplique uma camada de pasta protetora e hidratante à base de óxido de zinco para acalmar as irritações e isolar a pele do contato com as substâncias irritantes. A dedicação especial na escolha dos produtos de limpeza e tratamento da pele da criança é uma prova maior do seu cuidado e carinho. O amor está à flor da pele!