O leite materno

É possível continuar a alimentar o bebê com o leite materno, mesmo que a mãe tenha de voltar a trabalhar ou precise de deixar o bebê durante algum tempo.

file

O leite materno é o melhor alimento para o bebê: a mãe sabe disso mas, infelizmente, tem de voltar a trabalhar quando o bebê apenas tem alguns meses. Neste caso, além do remorso compreensível por ter de deixar o bebê, as mães se preocupam geralmente com a amamentação, sabendo que não podem estar sempre presentes para assegurar a sua continuação.

Mas não é obrigatório recorrer ao leite reconstituído: pode experimentar uma bomba tira-leite, recolhendo o leite extraído do seio para um recipiente esterilizado e conservando-o na geladeira ou freezer.

 

Desta forma, mesmo que a mãe esteja a trabalhar ou fora de casa, o bebê pode ser alimentado com leite materno pela avó, pela babá ou por quem estiver a tomar cuidando dele, tirando partido de todas as vantagens do leite da mãe, mesmo que esta esteja ausente.

 

É verdade que muitas mães se mostram um pouco relutantes relativamente à utilização de uma bomba tira-leite, pois têm receio de que seja complicado de usar e que possa ser incomodativo ou até mesmo doer.

 

Na realidade, uma bomba tira-leite manual é delicada porque é de fácil utilização para a mãe que pode regular a pressão e intensidade da extração consoante suas necessidades. Normalmente, após as primeiras pressões sobre a manopola, o leite flui facilmente, a mãe não se esforça e não sente qualquer desconforto. 

 

Deste modo, este produto se revela um aliado útil para gerir a amamentação em qualquer situação, para poder amamentar o máximo de tempo possível apesar das ausências e dificuldades em alimentar o bebê com o precioso leite materno.